Propaganda Americana Pré Segunda Guerra Mundial

Estive fazendo umas pesquisas para um trabalho da facul e encontrei um material de propaganda americana pré Segunda Guerra Mundial sensacional. É uma série de cartazes de divulgação de campanhas para ajudar o governo, preparar o espírito patriota do povo e estimular a cooperação dos cidadãos para a dificuldade.

São 19 peças de propaganda que ilustram uma pesquisa de alunos da Universidade Estern Oregon sobre as maiores participações dos EUA em eventos importantes da história deste país. Como citei, o tema que estava pesquisando é a WWII, irei separar os cartazes por temas e farei alguns comentários sobre as idéias deles.

Produção! Produção! Produção!

squeeze keepem
produce
A beira de um conflito de proporções mundiais contra as super potências do Eixo, preparação para guerra era o maior escudo de defesa dos EUA. O momento não era fácil: em recuperação de uma crise violentíssima que derrubou inúmeras fortunas e afundou o país no desemprego, feridas da primeira grande guerra, etc. A nação americana precisava literalmente fabricar seu arsenal para enfrentar as temidas divisões Panzer, a destruidora Luftwaffe e a esmagadora Blitzkrieg.

As frases "Produção: a resposta Americana" e "Produção vence a guerra" são claros pedidos de ajuda a nação, pois o inimigo está bufando em seu cangote. Já em "Ajude a vencer a guerra: aperte para mais um" e "Pare os acidentes" pedem mais gente nas fábricas e mais atenção nos trabalhos respectivamente.

Dinheiro! Dinheiro! Dinheiro!

Para matar esta fome de produção, todo o dinheiro que o cidadão estivesse guardando em seu cofrinho poderia ser investido nos "fundos de guerra" que possivelmente renderia mais, salvaria as criancinhas da sombra da suástica e garantiria o direito de liberdade de expressão que seria devorado pelos alemães demoníacos caso vencessem a guerra.

Combustível!

carclub
busus ride
Pra mim os mais chocantes e hilários! Não sou nenhum idiota pra dizer que combustíveis não são importantes na logística de uma guerra. Agora, os caras que tiveram as idéias destes cartazes são incríveis.

Falando sério, eles tiraram essas idéias da cartola e conseguiram passar a importância da economia de combustível. Naquela época muita gente que olhou a cara do tio do Bradock decepcionado no primeiro cartaz, lembrou que ainda não participava de um clube de car-sharing (clube da carona, ou algo parecido) e poderia fazer seu país não vencer a guerra deve ter perdido o sono. Sem falar nos riquinhos (remanescentes) da época que se viram ameaçados ao dirigirem suas carangas conversíveis sozinhos e serem apedrejados por serem taxados de comparsa de Hitler.

O terceiro é só alegria com o trocadilho do "US" e o pessoal feliz por pegar o "buss" e salvar a nação.

Mulheres vocês podem!

Rosie longing
sake be_a_man
A importância das mulheres no processo de preparação da guerra e durante ela foi incalculável. Enquanto os homens cruzaram o Atlântico para ir de encontro as balas inimigas no fronte, elas ficaram em casa dando conta do recado nas fábricas, nas plantações e nas demais áreas onde eles fizeram falta.

A frase "Espera longa, traga ele mais cedo: tenha um emprego de guerra" toca direto no emocional das mães e esposas que aguardavam ansiosas seus filhos e maridos salvos. Os dois cartazes seguintes apelam e mexem com o brio das mulheres em "Para o bem de seu país hoje e o seu amanhã" e "Gee! Queria ser um Homem. Queria entrar na marinha".

Avante soldados

duty
Onde será que eles mandariam o marinheiro aqui em cima e o soldado Joe Louis?! Colocar bala no canhão com o Scharzenegger longe dos alemães que não era.

Morte aos traidores

sometalk bw-shiplips
A ligação entre frase "Alguém falou" e o homem afundando no primeiro cartaz é a referência aos espiões americanos que morreram na Europa por terem sido delatados. Estas mesmas bocas são responsáveis por navios afundados no quadro seguinte com os dizeres "Soltar os lábios afunda navios". A caça aos espiões foi incansável mas não evitou perdas.

Brindes

fats homes
Não sabia que gordura pudesse virar bombas como diz o primeiro cartaz. Ou não entendi algum trocadilho?!

Nesta pesquisa existem outros capítulos interessantes, quem gosta do assunto WWII encontrará muitas curiosidades. Na minha pesquisa encontrei muitos outros materiais deste tipo que em breve trarei aqui com novos posts. Desculpem algumas possíveis traduções incorretas, se encontrou algo estranho nelas comente aqui! :)

Posts relacionados Related Posts with Thumbnails

5 comentários:

Diego disse...

O mais interessante era a qualidade gráfica da coisa. Para convencer e para despertar nas pessoas um sentimento de nacionalismo, apelavam para a qualidade e para a criatividade.

grase disse...

Com certeza esses cartazes marcaram uma época, revelaram artistas que são referência para nós até hoje. Uma pena a técnica não ser tão popular hoje devido às facilidades de desenvolver cartazes a partir de outras ferramentas.

Obrigada pelo comentário, Diego! Nosso leitor assíduo!

Sebas disse...

São obras primas!
Hoje é difícil encontrar algo com essa qualidade por aí...

Thales disse...

Muito bom esse post...
A publicidade e o design gráfico realmente, tem um poder incrível. E essas obras são muito bem pensadas e muito bem feitas, com certeza devem ter persuadido muita gente na época.

Sebas disse...

Thales,

achei as relacionadas a economia de combustível as mais convincentes e engraçadas :)
Participe dos comentários sempre!

[]'s

Postar um comentário